TRE-AP: 1º lugar no ranking de metas do CNJ

TRE-AP está em 1º lugar no ranking de metas do Conselho Nacional de Justiça

O Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) é o 1º colocado no segmento Justiça Eleitoral no cumprimento da meta 01 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A ação consiste em julgar a maior quantidade de processos de conhecimento do que os distribuídos no ano corrente.

O TRE-AP também é o 2º colocado no cumprimento da meta 02, que é identificar e julgar, até 31 de dezembro de

2014, 90% dos processos distribuídos. A avaliação do CNJ é embasada em metas de produtividade e celeridade impostas pelo órgão.

De acordo com o chefe da Assessoria de Planejamento e Gestão Estratégica (Asplan/TRE-AP), Cláudio Xavier, os percentuais de cumprimento da Justiça Eleitoral amapaense com relação à meta 01 foram de 307,27%, enquanto que a média nacional nesse segmento foi de 114,02%. Na meta 02, o percentual de cumprimento foi de 110,86% e a média do segmento foi de 94,32%.

Cláudio Xavier explicou ainda que, nos anos de 2012 e 2013, a colocação da Justiça Eleitoral amapaense na meta 01 foi a 13ª. Na meta 02, a colocação alcançada em 2012 foi a 9ª, em 2013 a 3ª e 2014 a 2ª. “O desafio agora é manter o ritmo de julgamento para o cumprimento das metas e a satisfação dos jurisdicionados”, salientou o titular da Asplan.

A Justiça Eleitoral amapaense cumpre todas as determinações do órgão há anos, mas, em 2014, atingiu a primeira colocação no ranking de atividades determinadas. Os dados são do Relatório das Metas Nacionais de 2014 recentemente publicados na homepage do CNJ, disponíveis no link http://www.cnj.jus.br/atribuicoes/programas-da-corregedoria/gestao-e-planejamento/metas/metas-2014/relatorio-metas-nacionais-jan-a-dez

Reconhecimento do CNJ
O reconhecimento do CNJ reflete a eficácia na gestão do  presidente do TRE-AP, Desembargador Raimundo Vales, assim como o trabalho de magistrados, servidores e colaboradores da Justiça Eleitoral amapaense no aperfeiçoando da qualidade do serviço prestado à sociedade.

(Texto: Elton Tavares, da Assessoria de Comunicação e Marketing/TRE-AP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *