Violência – Macapá está assim

A qualquer hora do dia ou da noite está cada vez mais perigoso andar sozinho em Macapá.
Veja como esse transeunte é assaltado quase 7h da manhã no bairro Ipê:

Em sua página no Facebook o  Sgt PM Sandokan orienta: “Prestem bem atenção na hora de sair de casa pela manhã, pois os malas estão agindo muito no início do dia, quando as pessoas saem para trabalhar e estudar. Todo cuidado é pouco, sempre olhando para os lados e não deixando objetos de valor a mostra, procurando sempre andar, se possível, na companhia de outras pessoas”

  • Infelizmente é crescimento populacional exacerbado. A formação do grande conglomerado urbano que Macapá se torna. Daí para pior.

  • Lamentável mesmo, total inversão de valores. Já não chega colocarmos grades em nossas janelas, muros altos em nossas casas, gastarmos nosso suado dinheiro fruto de trabalho com sistema de segurança para sermos reféns dentro de casa. Agora ao sairmos de nossa prisão residencial temos que ficar atentos e com medo porque poderemos sofrer uma violência qualquer na rua.
    Socorro! S.O.S…. HELP…

  • Isso é uma completa inversão das coisas. Não é o cidadão de bem que tem ficar estressado e andar “sempre olhando para os lados”. Não! Quem tem que ter medo são “os malas”.
    Percebe-se que a filmagem foi feita em frente ao IAPEN, certo? Afinal, toda essa proteção no muro é típico de uma prisão.
    Até quando vamos ter que ser prisioneiros de nossas próprias casas?

  • Vejam bem as orientações desse policial. Caso eu consiga seguir todas essas orientações eu posso então perguntar: Pra quê servirá a polícia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *