Imprensa de luto – Morre Samuel Silva

samuelAos 45 anos de idade e mais de 20 de profissão, morreu na manhã de hoje o repórter fotográfico do Diário do Amapá Samuel Silva, o Samuca.
Por volta das 9h30, quando se preparava para ir trabalhar, Samuca foi acometido de um infarto fulminante e faleceu em sua própria casa.

Pessoa doce e muita querida, sua morte abalou não apenas os colegas de profissão, mas também autoridades, políticos, gestores e tantas outras pessoas que foram clicadas por ele nestes mais de 20 anos.

Seu corpo está sendo velado na Capela São José (Rua Jovino Dinoá com Av. Cora de Carvalho). Às 7h30 da manhã será celebrada missa de corpo presente pelo padre Paulo Roberto. O sepultamento será às 9h no cemitério São Francisco de Assis.

Em nota o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Amapá ressaltou que Samuel Silva “foi um profissional que engrandeceu com dedicação e profissionalismo o jornalismo amapaense”.

O Governo do Amapá também lamentou a morte de Samuel e em nota disse que  ele era conhecido como uma pessoa generosa e companheira que fazia de todos que o conheceram, seus amigos e admiradores.
“Através do apuro técnico e da sensibilidade de seu olhar, os leitores do Diário puderam participar dos fatos mais importantes do cotidiano amapaense nas últimas duas décadas, período em que com sua câmera em punho, registrou também instantes inesquecíveis da vida da capital e do interior do Estado.”

A Prefeitura Municipal de Macapá também emitiu nota apresentando condolências aos familiares e amigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *