Dois jornalistas morrem na cobertura da Copa do Mundo

O jornalista Khalid Al-Misslam  morreu neste sábado em Catar. Ele fazia a cobertura do Copa do Mundo pela Al Kass TV. A causa da morte não foi divulgada.
Este é o segundo jornalista que morre durante a Copa em pouco mais de 24 horas. O primeiro foi o  americano Grant Wahl, de 48 anos. Ele faleceu sexta-feira logo após a partida entre Holanda e Argentina. Considerado referência da imprensa esportiva, Grant Wahl estava cobrindo pela oitava vez uma copa do mundo. A causa da morte dele também não foi divulgada.

Segundo o jornal “Estadão” na última segunda-feira, Wahl escreveu em suas redes sociais que precisou visitar um hospital porque não estava se sentindo bem. “O que tinha sido um resfriado nos últimos dez dias se transformou em algo mais severo na noite do jogo Estados Unidos x Holanda (pelas oitavas de final), e eu podia sentir minha parte superior do peito assumir um novo nível de pressão e desconforto”, escreveu o jornalista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.