Comunicação, cultura, mídia, política e democracia

Tarde de autógrafos com Venício A. de Lima na III Bienal do Livro e da Leitura de Brasília

Evento acontece no dia 23 de outubro, às 17h, no estande 46, da Editora Universidade de Brasília

Comunicação, cultura, mídia, política e democracia são temas de dois livros do pesquisador das políticas de comunicação e defensor de um novo marco regulatório para o setor Venício A. de Lima, que serão lançados e autografados na III Bienal do Livro e da Leitura de Brasília.

“Cultura do silêncio e democracia no Brasil: Ensaios em defesa da liberdade de expressão (1980-2015)”, o mais recente livro do autor, publicado pela Editora UnB, traz ensaios sobre políticas públicas de comunicação, mídia e política e liberdade de expressão. Lima investiga a questão da comunicação social na sociedade brasileira sob o pensamento de Paulo Freire e Stuart Hall. Os textos trazem também à reflexão outro conceito tão caro a todos: a democracia.

Nesta coletânea, o autor aborda ainda o conceito seminal de cultura do silêncio desde suas raízes em Vieira, passando por Southey e Berlink, até sua apropriação criativa em Paulo Freire. Em Stuart Hall, o autor foi buscar a sua contribuição para os estudos de mídia. Hall apostava na diversidade cultural e no multiculturalismo como possibilidades reais de transformação social.

“Comunicação e cultura: As ideias de Paulo Freire”, também será lançado e autografado por Venicio A. de Lima. Trata-se de uma reedição, pela Editora UnB e Fundação Perseu Abramo, sobre o pensamento do grande educador brasileiro acerca da comunicação como direito humano fundamental.

Para o autor, a reedição da obra, 30 anos depois, reveste-se de importância devido ao exercício de diálogo crítico que esse tema proporciona aos estudiosos da comunicação e cultura e porque Paulo Freire era um defensor da comunicação como direito humano fundamental de homens e mulheres, opondo-se à “cultura do silêncio”, que nega a boa parte da população sua liberdade fundamental de se expressar.

A reedição da obra ganhou uma significativa contribuição. A também educadora e viúva de Paulo Freire, Ana Maria Araújo Freire escreve o prefácio, no qual avalia a mensagem profundamente libertadora dos escritos de Freire sobre comunicação e cultura e que levam os leitores a sentir a importância e a grandeza de Freire. Para ela, a reedição da obra põe de volta nas discussões acadêmicas o pioneirismo, a importância e a atualidade do pensamento de Paulo Freire, no que se refere à teoria da comunicação, da qual ele próprio é uma das expressões maiores no Brasil.

Serviço:
Lançamento
: “Cultura do silêncio e democracia no Brasil: Ensaios em defesa da liberdade de expressão (1980-2015)” e “Comunicação e cultura: As ideias de Paulo Freire”
Data: 23 de outubro, 17h
Local: Estande 46 – Editora UnB – III Bienal do Livro e Leitura de Brasília

(Inês Ulhôa/Assessora de Imprensa)

  • A Bienal fará uma homenagem ao professor Boaventura de Sousa Santos. Boaventura ou “Boa” é um dos idealizadores do Fórum Social Mundial, da Universidade Popular dos Movimentos Sociais, da Campanha “Fora Temer”, entre outros. Leitura obrigatória para quem não se conforma com o “óbvio”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *