Relendo no feriadão

li2aEste é um dos livros que mais gosto, pois adoro ler cartas de poetas. Comprei em 2000, ano em que foi lançado, e de vez em quando releio.
Organizado por Marcos Antonio de Moraes, o livro – com 735 páginas, reúne as cartas trocadas entre os poetas Mário de Andrade e Manuel Bandeira entre 1922 e 1944.
Excelente para entender o Brasil e as artes no período.

“No dia-a-dia das cartas de Mário e Manuel despontam projetos, a criação se instala e a história se faz”, disse Telê Ancona Lopez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *