Macapá era assim

Avenida Mendonça Furtado entre as ruas Jovino Dinoá e Odilardo Silva

O bairro da Favela (hoje Bairro Central) era  cheio de áreas de ressacas e muito verde. Nos igapós as crianças se divertiam pegando peixinhos e tomando banho, ouvindo lendas e criando histórias cheias de encantos e magias. O bairro era habitado em sua maioria por intelectuais, boêmios e artistas. A ponte sobre o igapó era também ponto de encontro dessa turma que, após o trabalho, se reunia para contar as novidades e “tomar uma” para desestressar.

(Querido leitor, se quiser escrever sobre Macapá -antiga ou atual-, postar fotos, contar causos, ou qualquer outra coisa sobre esta cidade cortada pela Linha do Equador você tem espaço garantido neste blog. Basta enviar seu texto e/ou fotos para o email alcinea.c@gmail.com  que seu material será imediatamente publicado.)

  • Eu queria mesmo escrever sobre a Macapá antiga. Queria ter vivido causos e coisas que leio aqui. Queria ter conhecidos esses personagens da vida real que povoam a minha imaginação. Total deleite quando abro teus posts. Obrigada, por isso.
    Beijo grande.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *