Macapá era assim

Quem diria que o bairro Central de Macapá já foi assim? Pois é. A ponte – onde essas figuras estão fazendo pose – ficava na avenida Mendonça Furtado entre as ruas Jovino Dinoá e Odilardo Silva, antigo bairro da Favela, que meu pai chamava de “Favela dos meus amores”.

Aí havia um igapó onde a molecada ia pegar peixinhos em vidros de soro . Naquela época os frascos de soro eram de vidro e a criançada usava-os como aquário. Eu mesma peguei muitos peixinhos ali.

Aquele prédio de madeira lá atrás era o comércio da Dona Júlia, depois funcionou ali a Agência Zola – onde a gente comprava baratinho revistas sem capa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.