Agora sim!

Com a orla toda iluminada ficou agora mais seguro correr, passear, caminhar por lá.
A Prefeitura de Macapá assumiu  a iluminação pública e começou ontem os serviços de manutenção pela orla trocando dezenas de pontos de luz que estavam queimados há meses favorecendo a ação da bandidagem.


O prefeito Clécio Luís acompanhou o inicio dos trabalhos. “Começamos pela orla, depois partiremos para os bairros. Com isso, queremos que Macapá volte a ser reconhecida como Cidade Luz”, disse.

Em Macapá cerca de 60% do pontos de luz estão queimados. A estimativa é de trocar 90 pontos por dia e assim logo logo a cidade estará toda iluminada com lâmpadas de  LED, que representam economia financeira e de consumo
O Município assumiu a iluminação pública depois da assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público do Estado do Amapá (MP/AP), no dia 10 de março de 2017, que transferiu o serviço da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA)  à prefeitura.

(Fotos: Max Renê)

  • Eles não podem “dar” para empresas Amapaenses todos tem que participar da licitação e vencer pelo menor preço, é lei,estranho se não houve licitação. De qualquer forma precisamos iluminar a cidade isso ameniza a segurança.

  • Fizeram apenas o trivial. Não havia necessidade de jogar dinheiro publico com bandeirolas causando poluição visual. Pão e circo…..

  • Vias bem iluminadas são, de fato, um cartão postal.
    Mas precisavam ir tão longe, lá na Bahia, buscar uma empresa para fazer esses serviços tão simples como trocar lampadas?
    Aqui em Macapá existem dezenas de empresas capazes tecnicamente e bem equipadas. Poderiam ter dado para uma empresa amapaense, já que não houve licitação. Uma pena.
    Como dizia minha avó, santo de casa não faz milagre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *