Audiência pública debate questões dos idosos

Foi realizada ontem(17), no plenário da Câmara de Vereadores de Macapá, uma audiência publica, que discutiu a acessibilidade da pessoa idosa nos coletivos que circulam no município.

A proposta foi da vereadora Neuzinha Velasco(PSB) e contou com a participação de autoridades ligadas ao setor de transportes, além dos vereadores Allan Ramalho(PSB), Prof. Madeira(PSOL), Acácio Favacho(PMDB), Eddy Clay Góes(PR), Rocha do Sucatão(PT), Adriana Ramos(PTC), Edna Auzier(PDT), Marcelo Dias(PSDB), Ruzivan(PDT), Lucas Barreto(PTB), Washington Picanço(PSB) e Diego Duarte(PP), que preside a Comissão de Viação e Transportes da CMM.

A vereadora Neuzinha Velasco(PSB), disse que está cumprindo com o seu papel de representante do povo e por isso trouxe a discussão à nível de Câmara, para que sejam tomadas medidas a fim de resolverem este problema. “O nosso papel aqui é garantir que todos os direitos conquistados pelos idosos sejam respeitados” disse a vereadora.

A presidente do Conselho Estadual da Pessoa Idosa-CEDP/AP, Nádia Souto, falou das dificuldades enfrentadas, dentro dos coletivos, pelas pessoas dessa faixa etária. Ela disse que já havia solicitado inúmeras vezes uma audiência na Assembléia Legislativa para tratar do assunto e não foi atendida. Destacou que, na primeira vez que solicitou a Câmara, logo foi atendida.

Nádia Souto, trouxe uma série de propostas que foram discutidas na audiência publica. Entre elas, a descentralização do Setrap na emissão das carteirinhas de passe livre e as paradas de ônibus adequadas para idosos. “Queremos mais apoio da Comissão de Direitos Humanos e Comissão de Transportes e que seja respeitado o Estatuto do Idoso”, enfatiza a presidente.

O vereador Eddy Clay Góes(PR), disse que as empresas de ônibus devem respeitar mais o idoso, desde acentos específicos e até mesmo a preparação dos profissionais para dar bom tratamento a essas pessoas. “Quero deixar meu gabinete a disposição para dar todo o apoio a melhor idade”, finalizou o vereador.

Verbas
O vereador Lucas Barreto(PTB), sugeriu a criação da Coordenadoria do Idoso. Órgão exclusivo para cuidar de assuntos relacionados a terceira idade. Na oportunidade o vereador chamou a atenção do diretor do Setrap, a respeito da expedição da carteira do idoso, devido os motoristas não estarem recebendo, como passe, a carteira de identidade.

No momento da audiência, o vereador Lucas Barreto(PTB) telefonou  para o deputado federal  Davi Alcolumbre (DEM) e para o senador Randolfe Rodrigues(PSOL), falando sobre o tema. O vereador recebeu como resposta, a garantia de alocação de emenda parlamentar, ainda este ano, no valor de R$ 500 mil, para dar inicio na construção do Centro de Convivência e Socialização do Idoso. Um espaço dotado de toda infra estrutura necessária, inclusive com médico geriatra.

A vereadora Neuzinha Velasco(PSB), encerrou a audiência informando que, a partir dessas discussões, será elaborado um Termo de Ajuste de Conduta-TAC, entre o Setap, CTMAC e Conselho Estadual da Pessoa Idosa e em seguida levado ao Ministério Público, a fim de serem tomadas medidas emergenciais a respeito da problemática.

(Ascom/CMM)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *