Cem dias

Prefeito Clécio Luís faz balanço dos 100 dias de sua gestão

 O prefeito de Macapá, Clécio Luís, apresentou ontem, quarta-feira,  o balanço do Plano Emergencial de 100 dias de gestão. O Plano foi anunciado ainda no ano passado e é um conjunto de ações elaboradas para o enfrentamento de problemas em áreas caóticas da administração municipal. Os pontos que foram apontados como prioridades para serem resolvidos de imediato foram: Administração, Limpeza Urbana, Saúde, atualização de pagamento atrasados e melhoria no trânsito da capital amapaense.

“Temos um programa de governo para ser executado em quatro anos, foi isso que nos credenciou a administrar Macapá. Mas diante das dificuldades, elaboramos este plano de contingência”, salientou Clécio Luís. De acordo com sua própria avaliação, a administração avançou com os serviços sendo executados mesmo com as dificuldades da Prefeitura. “Estamos trabalhando muito, mas não é um terço do que nos propusemos. O Plano foi somente para desemperrar os serviços, mas ainda tem muito trabalho pela frente”, disse.

Limpeza Urbana
O relatório apontou que a limpeza urbana melhorou. A coleta de lixo foi regularizada e as cobranças feitas por mais eficiência no serviço resultaram na aquisição, por parte da empresa, de mais carros coletores, calendário de rota e educação ambiental. Ruas, pontos de ônibus, logradouros, cemitérios, canais e áreas de ressaca também estão passando por limpeza. Outro avanço foi o funcionamento da célula do aterro sanitário que adequou o município às exigências da nova Lei de Resíduos Sólidos.

Administração
Neste setor o prefeito priorizou o pagamento de salários atrasados da gestão passada, que totalizou R$ 19 milhões, e reduziu o número de cargos comissionados em 53%. Outras conquistas foram a instalação da Mesa de Valorização do Servidor; regularização do repasse aos bancos, associações e seguradoras que operam empréstimos consignados; recuperação da habilitação para captação de recursos da União; instituição do comitê de elaboração do concurso público e Processo Seletivo transparente para a educação.
“Para valorizar os servidores priorizei o pagamento de salários que estavam atrasados. Estamos identificando os responsáveis pelo uso indevido de recursos públicos e tomando as medidas para responsabilizar os culpados. Não queremos ficar olhando para trás, mas todos os casos de malversação de recursos, apropriação indébita ou irresponsabilidade administrativa serão punidos”, garantiu o prefeito de Macapá.

Saúde
Nesta área, o prefeito assume que houve poucos avanços, mas mesmo assim contabilizou o início da recuperação das Unidades Básicas de saúde; limpeza e reparos nas UBSs, retomada do funcionamento do SAMU; retorno de três das quatro ambulâncias que estavam paradas e doação de mais seis novas ambulâncias. A PMM conseguiu ainda comprar medicamentos para atender unidades por 60 dias; incinerou medicamentos vencidos; alugou dois galpões para a Central de Medicamentos; reativou a atividade dos agentes de endemias e demitiu 183 servidores contratados ilegalmente no período eleitoral.
“Enumero ainda que estamos normalizando os serviços ambulatoriais, contratamos médicos, reformaremos 10 UBSs e a parceria com o GEA nos dará apoio na reforma e ampliação de mais seis unidades, além da aquisição de três aparelhos de raios-x para os postos de saúde. Estamos realizando uma ação integrada de combate à dengue”, disse o prefeito.

Transporte
O prefeito detalhou que foram entregues 20 novos ônibus; estão sendo feitas blitz diárias; aumento de uma para 10 viaturas; os semáforos passam por manutenção e novos estão sendo instalados; faixas respeitando a Lei da Sinalização para pedestre são pintadas, e o Plano Municipal de Transportes está em fase de elaboração. Outro serviço da PMM que contribui com o trânsito é a operação tapa-buracos, que ganhou reforço com a parceria do Governo do Estado. Das três usinas que estavam paradas, duas já estão funcionando.
“Ainda não estamos satisfeitos e temos muito a fazer. Agradecemos a compreensão e o apoio da nossa população, pois o povo sabe que encontramos uma prefeitura quebrada e uma cidade destruída por aqueles que deveriam ser os primeiros a cuidar de Macapá”,  disse o prefeito Clécio Luís.

(Elton Tavares – Asscom PMM)

  • Esperava mais do que isso, porém pior do que antes, nunca ficaria não é? e a minha impolgação de que sería diferente diminuiu. Se a cada final de cada ano e do seu mandato for é essa mesma ladainha, bye bye .

  • O Prefeito está fazendo o possível. Tive a oportunidade de, três ou quatro vezes, passar pelas ruas de Macapá e vê-lo pessoalmente fiscalizando obras e serviços. Na minha modesta opinião, ele está fazendo o possível com o pouco recurso que tem empenhando esforços em frentes de trabalho específicos e relevantes. Esperamos todos que continue assim e que o GEA possa efetivamente deixar a política de lado e ajudar o Município. Estamos na torcida!!!

  • A guarita do complexo Jandiá continua abandonada, o comandante da Guarda veio no bairro reuniu com moradores, firmou compromisso e nada, a comunidade chegou ate a reformar a guarita e nada, parece que a desculpa é a de que não tem guarda.
    OBS.: Não tinha dinheiro para reformar a guarita mas o comandante da guarda tem agora a sua disposição uma pick-up de luxo nova. Hummm??!!!

  • Ando muito pela cidade e já começo a perceber o trabalho de limpeza nos canais e as operações tapa-buracos nas ruas e avenidas. Ontem estive no glicerão para assistir o jogo do Oratorio e vi um estadio mais organizado, gramado e iluminação excelentes, coisa que não se via faz muito tempo. Parabéns ao Prefeito Clécio 50.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *