Cinco dias de festa para Macapá

Macapá 255 anos

As comemorações iniciam no dia 31 de janeiro e culminarão no dia 4 de fevereiro, com a programação da Confraria Tucuju. Cortejo artístico, corte do bolo, missa, shows culturais, exposições, Marabaixo, almoço e atividades esportivas estão previstos para os cinco dias de homenagens.

Com o tema “Macapá vamos cuidar de você”, a programação foi ampliada e será realizada a partir da parceria entre Governo do Estado, Prefeitura de Macapá e Confraria Tucuju. Para o coordenador de Eventos do GEA,  Jean Alex, a proposta é mobilizar a participação de toda a comunidade macapaense.

“Além da tradicional festa promovida no dia 4 de fevereiro, no Largo dos Inocentes, pela Confraria Tucuju com apoio do Governo do Estado, a população terá a oportunidade de prestigiar diversas atividades proporcionadas pela Prefeitura”.

A presidente  da Fundação Municipal de Cultura, Márcia Corrêa, disse que a ideia de sair do centro da cidade e levar atividades culturais para outros bairros da capital é uma forma de envolver e oportunizar aos munícipes o conhecimento do potencial artístico-cultural existente no município, daí a proposta de aproveitar os locais da capital onde há maior concentração de pessoas, como feiras, pontos de ônibus e praças.

“As Praças Vivas e cortejos teatrais são umas das novidades deste ano, como forma de aproximar a população dessa programação, que também tem por objetivo levar a mensagem a todos, que é o sentimento de cuidar do nosso município“.

Programação

31 de janeiro (quinta-feira)

8h – Corredor Verde – Parque dos Buritis

17h – Cortejo artístico e atividades com palhaços, malabaristas, pernas-de-pau, recitador de poesias, dentre outros atores culturais percorrendo as feiras da capital

18h – Apresentações de música instrumental, Marabaixo e estátuas vivas – Pontos de ônibus da Praça da Bandeira, PMM, Orla I, Orla II, Veiga Cabral, Rua São José, Ciosp do Novo Horizonte, Hospital Metropolitano, Orla III e Praça do Buritizal

19h – Minicurso de História de Macapá

1° de fevereiro (sexta-feira)

16h30 – Shows culturais e a cerimônia de regulamentação da Lei do Patrimônio, com a presença de autoridades e a comunidade – Mercado Central

2 de fevereiro (sábado)

8h às 9h – Cortejo artístico e atividades com palhaços, malabaristas, pernas-de-pau, recitador de poesias – bairro Perpétuo Socorro

12h – Almoço e torneio com participação da imprensa local

3 de fevereiro (domingo)

9h às 10h – Cortejo artístico com palhaços, malabaristas, recitadores de poesia e outros artistas – bairro Novo Horizonte

9h – Projeto Praça Viva I com teatro, música, dança, poesia, distribuição de mudas de ornamentais e frutíferas

16h30 – Projeto Praça Viva II – Praças Jardim II, Zerão e Marabaixo

4 de fevereiro (segunda-feira)

6h – Alvorada de canhões da Fortaleza – Fortaleza São José de Macapá

7h – Missa – Igreja São José

8h – Hasteamento do Pavilhão Nacional – Avenida Mário Cruz – Confraria Tucuju

8h30 – Encontro das bandeiras do Marabaixo – Avenida Mário Cruz – Confraria Tucuju

9h – Cerimonial a Avenida Mário Cruz – Confraria Tucuju

10h – Corte do bolo – Avenida Mário Cruz – Confraria Tucuju

12h – Distribuição de feijoada – Avenida Mário Cruz – Confraria Tucuju

13h – Exposição de fotos antigas da cidade – Largo dos Inocentes – Formigueiro

14h – Show no Largo dos Inocentes

( Com Andreza Sanches/Secult)

  • Quando se fala em canhões da Fortaleza, além do “Hino da Boêmios”, também lembro de meu amigo José dos Santos MONTEIRO (o Queimado para os antigos GTs), um dos atiradores, que faz 81 nesta sexta-feira (25/1).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *