Clécio busca parcerias para fazer melhorias urbanas e potencializar o turismo

Na terça-feira, 26, Clécio participou de uma videoconferência com dirigentes do Banco do Brasil para conhecer os fundos estratégicos financeiros, como abertura de capital, com o objetivo de captar verba necessária, em médio prazo, por meio do Instrumento de Captação de Recursos Financeiros para Investimentos em Infraestrutura Urbana, o Cepac, necessários para viabilizar as melhorias para o município, e já prepará-lo para os próximos anos, com vistas nos 300 anos de Macapá.

O Cepac possibilita, sobretudo, firmar Parcerias Público Privadas (PPP) para potencializar o desenvolvimento urbanístico e turístico da capital. A reunião foi tida como pontapé inicial para vislumbrar a realização do projeto, em longo prazo, do Macapá 300 anos. A iniciativa conjunta visa, sobretudo, atrair investidores locais ou não, com o intuito de desenvolver a cidade economicamente, como resultado dessa transformação urbanística idealizada pelo Município.

“Esse primeiro momento foi de puro esclarecimento sobre os caminhos que podemos tomar para alavancar o desenvolvimento de Macapá; promover melhorias urbanas e potencializar o turismo local”, avaliou Clécio. Nova videoconferência deverá ser marcada para alinhar as orientações repassadas pelo Banco do Brasil, para que a proposta se torne uma realidade.

A comitiva que acompanhou o prefeito neste encontro foi composta pelos secretários municipais de Governo, Jorge Pires; de Finanças, Jesus Vidal; de Obras, Emílio Escobar; de Gabinete, German Loo Li; de Desenvolvimento Urbano e Habitacional, Telma Miranda e o coordenador da pasta do Planejamento Urbano, Sérgio Monteiro.

Pela instituição bancária, participaram da videoconferência os diretores de Governo do Banco do Brasil, Rodrigo Fonai e Gilberto Salleberry, de Brasília; o gerente regional da Agência de Setor Público local, Darlan Baldissea; a gerente de Relacionamento, Vânia Correa e a assistente Glaucia Lima.

​(Assessoria de comunicação/PMM)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *