Coisa de mané

Ainda tem muita gente em Macapá que adoooooora queimar lixo no passeio público à tardinha.
E isso no centro da cidade e em bairros de classe média.

  • Tem uma senhora no Bairro Alvorada que tem este hábito primitivo diariamente. Passe na Rua Maria Torres de manhã cedo e no final da tarde para presenciar o fumaçal. Um desrespeito com a vizinhança.

  • Hábito de origem indígena (como farinha, açaí e tacacá): queimar as folhar pra “espantar o carapanã”. Só que hoje, o tucuju moderno queima saco plástico, garrafa pet e pneus. E dentro da “colméia” urbana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *