Era assim…

Era assim o Hospital  construído no governo Janary Nunes. Foi uma das primeiras obras em alvenaria de Macapá. Chamava-se Hospital Geral de Macapá (HGM). Sua fachada foi completamente mudada numa reforma feita no governo João Capiberibe.  Em 2003 sua denominação foi mudada para Hospital de Clínicas Alberto Lima (HCAL), em homenagem a um dos maiores e mais dedicados médico amapaense: o pioneiro Alberto Lima, falecido em 1986.
O projeto e a construção do HGM foram do engenheiro e escultor português Antônio Pereira da Costa – que foi responsável  também por outras importantes obras como a escola Barão do Rio Branco e as casas da Praça Barão e esculpiu a imagem de São José (que fica na frente da cidade) e os bustos de Tiradentes (na Polícia Militar) e Coaracy Nunes (no aeroporto) e os leões do Fórum de Macapá (atual sede da OAB).Na frente do Hospital tinha uma pracinha que testemunhou o amor entre vários casais. Contam que namorados das enfermeiras ou das moças que estavam ali internadas “davam plantão” na pracinha para jogar beijos para suas amadas quando elas, de vez em quando, apareciam na janela.

  • Lembro perfeitamente. Não faltavam leitos, remédios, médicos, enfermeiros e amor. Era administrado pelas freiras do Amapá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *