Num outro verão

Julho de 1969 na Fazendinha – Sol, praia, brotinhos e violão
Sabe quem são os brotos que aparecem na foto?

  • Meu caro Cléo,vc encheu demais a bola do Hermogenes acerca do esporte, mas ele não precisava se reduzir ao Coalhada. Não era lá essas coisas de craque, mas atuava bem em várias modalidades esportivas. Que bom voltar a ter contatos com os dois. Cléo, vi seu livro nas mãos do Humberto Moreira, e rimos da palavra “gato-escroto”.

  • Dr. Cleo Araujo que já viajou tantas canções comigo, desde o tempo do IETA, como diria o “poetinha”, apenas duas correções: meu time veste azul marinho e quanto ao “grande” atleta de muitos esportes, outro engano, creio que estou mais para o coalhada, personagem do Chico City. Um grande abraço.

  • Não sou da geração das pessoas aí na fotografia. Mas, dá para conhecer o tocador de violão, Aimorezinho, Ivanilde filha do radialista Agostinho e a Heloísa, filha do Engenheiro Douglas Lobato. Provavelmente, ele deve estar tocando “ponteio” do Edu Lobo, música vencedora de festival desse período. Tempo de muita saudade, quando existia o jacareaganga (atual Jesus de Nazaré). Tempo sem assaltos, homicídios e sem tantos ladravazes do dinheiro público.

    • Ei, Hermógenes! O maior alviceleste que conheço. Grande atleta de muitos esportes. Que bom vê-lo por aqui.

  • Época boa da música brasileira:Bossa Nova e Festivais. O cara aí tava arrasando, rodeado só de mulhereres bonitas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *