• Eu preciso muito de uma garrafa ou copo FLIP e guarana glória para por na minha coleção, ainda não consegui.

  • Amiga Querida,
    Que boa lembrança. Outro dia escrevi sobre o Flip e essa publicidade. Foi assim:O Flip não foi só o primeiro guaraná produzido aqui. Não foi também só a primeira indústria. O Flip, me conta a memória, foi o cenário auditivo mais preciso de minha lembrança. Era a propaganda que anunciava promoção de prêmios a quem encontrasse no guaraná, além do arco-íris, o desenho de um copo no interior na tampinha da garrafa. O copo, sinceramente, não era minha grande ambição. O sabor estava mesmo na propaganda que vinha pelas ondas das rádios Difusora e Educadora, se bem lembro. Era o som de um copo quebrando, esquadrinhado por uma indagação seguida da solução: “Quebrou?. Flip dá outro”. E dava mesmo.

  • Néia, você descobre cada coisa para remexer com nossas boas lembranças. Lembro muito bem dessa propaganda que era feita na rádio difusora. Em casa tínhamos um copo desse só que era amarelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *