Paulinho da Viola – Argumento

Em Macapá este ano não terá desfile das escolas de samba. Governo se apoiou na crise que assola o país para não repassar dinheiro para a Liga.
E como no samba, “a rapaziada está sentindo a falta de um cavaco, de um pandeiro e de um tamborim”.
Sentindo falta também da movimentação nos barracões e quadras, dos ensaios, dos milhares de emprego que as escolas de sambas geram nesse período.
Nessa época nos anos anteriores a cidade estava alegre e movimentada e os barracões e ensaios fervilhando.

Macapá fica tão sem graça sem isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *