Entre aspas

“O Senado teve a oportunidade de investigar e esclarecer as acusações, mas preferiu passar a mão na cabeça do senador Aécio Neves, repetindo o gesto da Câmara dos Deputados, que, para a indignação da sociedade brasileira, passou a mão na cabeça de Michel Temer, acusado por prática de corrupção no exercício do mandato de Presidente da República”.
(Senador João Capiberibe hoje no Senado)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *