Luciana Genro será a candidata do PSOL a presidente

Em nota à imprensa, a direção nacional do PSOL diz que a desistência de Randolfe Rodrigues “estaria vinculada à necessidade de construir uma alternativa política contra o retorno das forças conservadoras no estado do Amapá”.
Diz ainda que  “sua opção representa um prejuízo na construção de uma alternativa de esquerda nestas eleições. Nossa tarefa é apresentar um programa de mudanças sociais reivindicada pelo povo brasileiro que ocupou as ruas em junho passado, cujas demandas não encontram guarida nas candidaturas dos partidos da ordem” e informa que  o nome da ex-deputada federal Luciana Genro deverá ser aprovado como candidata a presidência da República na Convenção Nacional marcada para os dias 21 e 22 em Brasília.
“O PSOL manterá a campanha no mesmo rumo que vínhamos trilhando e permitirá ao povo brasileiro o direito de escolher uma real alternativa de esquerda e socialista nestas eleições”, diz a nota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *