Morato, alvo da Operação Turbulência, é encontrado morto em motel

Da Coluna do Estadão

Alvo de pedido de prisão da Operação Turbulência, deflagrada pela Polícia Federal ontem, Paulo César de Barros Morato foi encontrado morto nesta quarta-feira em um motel em Olinda, região metropolitana do Recife. A Polícia Civil investiga o caso que só será repassado à Polícia Federal caso seja encontrada alguma relação entre a morte e a investigação.

A informação foi confirmada à Coluna do Estadão por fontes da investigação. Ele constava da lista de foragidos da Interpol.

A PF o apontou como “testa-de-ferro” de um esquema de lavagem de dinheiro que desviou R$ 600 milhões. (Leia a matéria completa na Coluna do Estadão)

  • A bandidagem de gravata está evoluindo para execução de delator, já estão aplicando o parágrafo único do artigo primeiro , participou do esquema de propinas, vumito, morreu. Se continuar assim, o PT e o PMDB serão estintos.

  • “A agenda da esquerda e das forças democráticas brasileiras, devido ao golpe, tem de ser uma defesa integral da democracia”. (Dilma Rousseff).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *