Randolfe diz que o PSB caminha para a direita

Em entrevista publicada na edição de hoje do Brasil Econômico, o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) disse que vê  o PSB em um “processo de fusão caminhando na direção da direita.”
Disse também que “o naufrágio do PT levará toda a esquerda a uma fragorosa derrota”.
Na entrevista de quatro páginas ( que você lê aqui), o senador fala ainda sobre a responsabilidade do PT na crise, o desgaste de Lula, a onda conservadora, as incoerências do PSDB e do DEM, o erro de Marina na eleição, a liderança nefasta de Eduardo Cunha, o ajuste equivocado de Dilma, a ligação do ministro Levy com o sistema financeiro, a hegemonia dos bancos, a Petrobrás e até sobre o Papa Francisco e o Deus dos fundamentalistas.

Eis algumas frases pinçadas da entrevista:

·          A esquerda vive a maior crise desde o golpe de 1964.

·          O PT tem responsabilidade direta na crise.

·          Os que ascenderam são os mesmos que batem panelas e fortalecem a onda conservadora.

·          O PT se achava o dono da verdade absoluta. Deu no que deu.

·          Eduardo Cunha é o atraso do atraso do atraso.

·          As manobras do financiamento privado de campanha e o contrabando do ‘parlashopping’ retratam o que é Eduardo Cunha: um escárnio à Nação.

·          Financiamento privado é o pai e a mãe da corrupção.

·          O ajuste fiscal vai ampliar o fosso de desgraça para os trabalhadores.

·          Adoraria uma refinaria no Amapá, mas elas precisam de rentabilidade.

·          A melhor coisa para a Igreja foi o Papa Francisco, que redime a Teologia da Libertação.

  • Faltou o destaque ao processo de degeneração que vive a sua própria organização quando se utiliza de mecanismos da direita para sufocar uma legítima greve de trabalhadores!

  • A esquerda não pode desaparecer, ela precisa mesmo é ficar no único lugar onde ela funciona: na oposição, bradando suas baboseiras. Já é fato histórico que esquerda no poder é sinônimo de corrupção, ditadura, povo reprimido e mortes em massa (alô China, URSS, Coréia do Norte, Cuba, Venezuela, …)

  • O incrível não é o PSB na direita, mas é o Psol local com suas alianças políticas ultra direita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *