Senado – Randolfe recusa auxílio-mudança

Deputados e senadores auxílio mudança no valor de R$ 33,7 mil para ir sair de Brasília. O reeleitos recebem em dobro esse auxilio, ou seja R$ 67,4 mil. Um absurdo!
De todos os reeleitos apenas o senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP)  não aceitou essa  mamata.
Em memorando enviado à Diretoria-Geral do Senado, datado desta segunda-feira, 26, Randolfe informa que dispensa o recebimento desta verba.

Se os parlamentares reeleitos não vão fazer mudança alguma, não precisam e nem devem receber um centavo sequer. Não participarei desse saque aos cofres públicos!”, disse Randolfe.

Ah, se todos fizessem o mesmo

  • Ficaria mais bonito se Ele aceitasse essa grana e fizesse um Natal para pessoas carentes aqui em Macapá. Se recusar aceitar é o mesmo que está jogando o nosso dinheiro na privada. Pense bem Senador, pelo menos isso.

  • Dizem que precisamos de reforma daqui; reforma dali; reforma de A, de B. Tudo é reforma! ah, vamos passar o Brasil a limpo. São discursos inflamados nas tribunas ou nas oportunidades de entrevistas nos meios de comunicação. A reforma que precisamos é a reforma “íntima”; essa sim, deve ser passada a limpo; lavar a sujeira que passou a ser cultural neste País. O dedo é só endereçado aos outros; enquanto o lixeiro; o esgoto está dentro da gente. É lei que sai, que parece enxurrada; lei lei e lei; só para abastecer o ego em época de eleição. O Brasil tem jeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *