Senador amapaense preside a CPI do BNDES

Uma das CPIs mais aguardadas foi instalada no Senado Federal ontem, 2. Trata-se da a Comissão Parlamentar de Inquérito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
O senador amapaense Davi Alcolumbre (DEM) foi eleito presidente desta CPI, que conta com  13 integrantes titulares e oito suplentes que vão investigar denúncias de irregularidades nos empréstimos concedidos pelo BNDES  a empresas brasileiras e governos estrangeiros.
A CPI tem 180 dias para concluir os trabalhos, ou seja, até o carnaval 2018. E não pode nem deve atravessar o samba.

  • Como o samba já tá atravessado, qual o nome e a sigla de cada “batuqueiro”, afinal “vem mais uma” por aí.
    Como disse, em depoimento na FLIP (Feira Literária Internacional de Paraty), a Professora, aposentada, Diva Guimarães (negra, de origem pobre e neta de escravos): “Estudo até hoje porque eu quero raciocinar, em quero saber o que estou lendo, eu quero saber o que está acontecendo com meu país…”. Pedindo licença a Professora, faço minhas suas palavras e reafirmo: QUERO SABER!!!
    Pois, sem nenhum “sentimento irracional e demagógico”, tenho lido, ao longo do tempo, declarações de renomados economistas, que “os investimentos e/ou financiamentos feitos pelo BNDES, nos últimos anos, internamente e externamente, deram lucro ao Banco”. Será que a CPI é pra saber quanto foi lucrado ou será pra “inventarem alguma viagem sideral”, a fim de satisfazer “uns e outros” baluartes que estão tentando transformar, em “vala de dejetos”, esse país???
    AMO E TENHO ORGULHO DE SER CIDADÃO BRASILEIRO!!!
    PORÉM, SINTO “NOJO” DOS QUE AGEM “SOBRE O MANTO DA LEGALIDADE” PELA DESTRUIÇÃO DE UMA NAÇÃO.

    • Desculpem pela “falha”, no lugar de “sobre” o certo é “sob”. Então a frase correta é: “SOB O MANTO DA LEGALIDADE”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *