Virou bagunça

CiEDwdAWkAAyVvV

O deputado Waldir Maranhão, presidente interino da Câmara, recuou  e revogou a decisão que havia tomado pela manhã de anular  as sessões do dias 15, 16 e 17 de abril, quando os deputados federais aprovaram a continuidade do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff.
O recuo de Maranhão se deu no fim da noite, já quase madrugada desta terça-feira.
O ofício dele ao presidente do Senado, comunicando a revogação, se espalhou pelas redes sociais e virou manchete nos principais veículos de comunicação do país.
O documento não está datado e só terá validade depois de publicado, o que deve acontecer hoje.
Mas que não se espante o leitor se ao amanhecer Waldir Maranhão mudar de ideia de novo.

  • Pelo andar dá carruagem há hipótese de armação, capitaneado pelos destruidores da justiça liderado pelo comandante Lula e sua trump. Para eles pouco importa se o povo sofre com esse governo, o que eles querem é se livrar do juiz federal Aldo Moro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *