Boa tarde!

“A mão que escreve este poema
não sabe o que está escrevendo
mas é possível que se soubesse nem ligasse”
(Drummond)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.