Recomendo

Tenda Multicultural: espaço das artes, literatura e saber da 49ª Expofeira do Amapá

Declamações de poesias, exposições de livros, literatura, contação de histórias, música, teatro, piadas, estátuas vivas, dança, tudo em um mesmo lugar e com muita diversão. Assim está funcionando a Tenda Multicultural, um espaço dedicado às artes, que está atraindo públicos bem distintos na 49ª Expofeira Agropecuária do Amapá.

Localizada à direita, na rua principal do Parque de Exposições da Fazendinha, a tenda é uma proposta organizada pelo governo do Estado, sob responsabilidade da Secretaria de Estado da Cultura (Secult).

Já passaram pelo espaço artistas e grupos como Cia. de Teatro Piracuí, Trupe Gargalhada, Os Paspalhões, Cia. de Animação Alegria Alegria, Galinha Pintadinha e Stand Up Bar.

Os grupos Abeporá das Palavras, Poemas de Quinta, Pássaros Cantam na Chuva, Desiderare, Pena e Pergaminho, entre outros, são responsáveis pela programação literária.

“Nosso foco é fomentar a literatura, o hábito da leitura, o gosto pelo saber, de forma lúdica, envolvendo as pessoas, por isso esse espaço é cheio de cores, sons, livros. E o principal: é uma proposta que integra os grupos. A organização é do Abeporá, mais o trabalho é de parceria, de um coletivo de artistas”, explica Mara Valdene, uma das coordenadoras do Abeporá, junto com Carla Nobre, Elisete Jardim, Rai Amorim e Benedita Dias.

E àquelas pessoas que quiserem se saborear com uma boa leitura: infanto-juvenil, contos, dramas, poemas, poesias e prosas, podem procurar a Tenda Multicultural nos turnos da manhã, tarde e noite, e a minibiblioteca fica aberta ao público nos três turnos.

O estudante Anderson Cardoso, 14 anos, aprovou a proposta. “É bacana quando se une leitura e música, e esse espaço está chamativo porque a gente passa pela frente e vê as pessoas trabalhando com muita alegria, elas leem brincando com a história”, declara.

(Rita Torrinha/Secult)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *