Chá da tarde

Para quando você chegar
Thiago Soeiro

Quando chegar não faça barulho
Não quero que anuncie que minha solidão acabou
Para que eu não sinta quando a saudade me abandonar.
Chegue devagar, mas com pressa me prenda em teus braços
Tire-me o compasso e o excesso de ar
Arranque minha roupa, bagunce meu quarto e me tire a paz.
E não me diga por que demorou
Eu sinceramente não quero saber
Roube-me todos os suspiros para os teus ouvidos
Não me deixe pensar no depois.
Faça-me o agora acontecer em meia hora em três horas ou à noite toda
E não me fale até quando vai ficar
Sinceramente eu não quero saber
Eu só quero que me ame quando você chegar.

  • UM POEMA ROMANTICO CUJA A ESTRUTURA COM QUE FOI CONSTRUIDO, NOS REMETE AS MAIS BELAS LETRAS MUSICAIS CRIADAS POR NOSSOS MELHORES LETRISTAS DA MPB,NAS QUAIS ELES CANTAM O PROPRIO AMOR COMO SE ELE FOSSE UM EPISODIO NA VIDA DE CADA UM DE NÓS. EMOCIONANTE!

  • Ah,Thiago!
    Eu vou chegar em silêncio! Barulho? Só das pétalas conversando entre si. Deixarei atrás de tua porta um vaso com lírios amarelos e na borda do teu coração uma açucena vermelha…
    Lindo! Continue escrevendo! Delicados corações agradecem!
    Um abração!

  • Nossa!!!!! Assim vc me mata!!! Fiquei até sem ar lendo algo tão profundo, tão insanamente gostoso q é o reencontro do tão esperado amor!!!! Alcinéia essas maravilha q nosso Amapá tem só lendo o seu blog…amei!!!Parabéns Thiago e Deus te conserve com esse dom de amar e encantar!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *