Chá da tarde

Distante do teu amor
Arilson de Souza

Um barco sem rumo e sem vela
um furacão sem vento
Uma alma que não se revela
um ponto parado no tempo

Uma música sem melodia
Um arco íris sem suas cores
um mundo sem poesia
Um beija flor sem sua flor

Assim é a minha vida
distante do teu amor!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *