Chá da tarde

Ventania
Deusa Ilário

Um vento forte passou por dentro de mim,
varreu o jardim, derrubou os lírios,
esmagou os jasmins.
Adubou o chão…
Semeou perdão…
Arou com amor…
O verde voltou, a semente brotou
e as dálias se encheram de pétalas azuis.
Os olhos cheios de água denunciavam
que a tristeza ali passara
Mas foi o sorriso que mexeu comigo
e acenou com o lenço branco
da saudade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *