Ontem na Boca da Noite

Poetas e amantes da poesia estiveram reunidos mais uma vez ontem – como acontece quase todas as sextas –  para declamar, ler e conversar sobre poesia e poetas na boca da noite.
Tendo como cenário a bicentenária Fortaleza de São José e acariciados pela brisa que soprava do maior rio do mundo dezenas de poetas e amantes de poesia viveram momentos maravilhosos.

A participação do grande poeta Obdias Araújo (autor dos livros Apologia e Praça Pinga Poesia e Mágoa) foi um presente para todos. Obdias contou passagens de sua vida e falou de sua convivência com Alcy Araújo, Fernando Canto, Eimar Tavares, dentre outros grandes nomes do Pará e Amapá

Homenageando a semana da consciência negra Luiz Pingarilho recitou Navio Negreiro, de Castro Alves

  • Irei sempre, Alcinéa.
    Estarei sempre aí, sexta-feira.
    Irei tanto, que um dia todos vocês estarão aqui em casa, em meu quintal.
    A Praça e a Poesia em meu quintal!

    -Xô, Senhor Ney!

  • maravilhoso! Rever amigos, sob as bênçãos da natureza (que nos emprestou o vento e a linda lua), não tem preço. Deus abençoe a todos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *