Poetas do meio do mundo

jqpPoeta, professor, membro titular do Conselho Estadual de Cultura, vice-presidente do Clube dos Poetas e membro do Uni-verso,  José Queiroz Pastana está na coletânea Poetas do Meio do Mundo.

Pastana participa ativamente dos movimentos culturais. É autor de três livros de poesias e com Sânzia Brito e Ricardo Pontes lançou o primeiro CD de Poemas no Amapá. Já participou de Feiras Pan-Amazônicas do Livro e Semana da Cultura Amapaense na Guiana Francesa.

Nascido em 27 de novembro de 1964, no Distrito de Fazendinha, é graduado em Letras e pós-graduado em Língua Portuguesa e Literatura.

Natural
José Queiroz Pastana

Pouco importa
Que teus vestidos
Sejam de cetim
Ou de seda
Que teus dentes
Sejam de ouro
Ou de prata
Que tua cor
Seja branca
Preta
Ou apache
O que importa
É o teu jeito natural
De ser flor do campo
Cheirosa como o jasmim.

  • SOLITÁRIO

    Augusto dos Anjos – O poeta da morte

    Como um fantasma que se refugia
    Na solidão da natureza morta,
    Por trás dos ermos túmulos, um dia,
    Eu fui refugiar-me à tua porta!

    Fazia frio e o frio que fazia
    Não era essa que a carne nos conforta…
    Cortava assim como em carniçaria
    O aço das facas incisivas corta!

    Mas tu não vieste ver minha desgraça!
    E eu saí, como quem tudo repele,
    -Velho caixão a carregar destroços-

    Levando apenas na tumbal carcaça
    O pergaminho singular da pele
    E o chocalho fatídico dos ossos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *