Um poema de Arilson de Souza

Coisa de Poeta
Arilson de Souza

E assim, me veio essa [loucura] de falar das flores,
conversar com os pássaros
e explicar amores.

[Loucura] em ver a lua descer do céu,
em ver o sol entrar no mar.
[loucura] em me imaginar com asas de Ícaro e rumo ao horizonte poder voar!

Essas coisas insanas,
que acalma a alma e a alegra
coisas inerentes à esses “tolos”…
“Tolos sonhadores” que se chamam poetas!

Deixe uma resposta para Arilson Viana de souza Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *