Um poema de João Aires da Silva

Tua voz em sonho
João Aires da Silva

Hoje sei que ouvi tua voz melodiosa,
No afago do sono que veio em sonho.
Os teus lábios sonorizando a melodia,
E os meus ouvidos cheios de encanto.

Te vi em cima das árvores em forma de pássaro,
O teu cantar a marcar os baques deste coração.
Corria com o olhar terno de árvore em árvore,
Sem perder um segundo dessa grande emoção.

O teu cantar me adormeceu no próprio sono,
Busquei os teus lábios em cima do travesseiro.
Escondeste o sorriso em baixo daquela manta,
Acordei e a tua ausência virou pesadelo!

Vem; vem aqui meu pássaro encantado!
Vem e me encanta mesmo me confundindo.
Meu sonho com este sono se infunde,
Só quero teu amor, mesmo que seja dormindo.

Ah, se me acordasse contigo me olhando,
O encanto dos teus olhos me penetrando.
Acha-me com a nudez e a pureza de teu corpo,
Adentra, não fales; pula e vem relampeando!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *