Poesia na Boca da Noite ontem

Foi lindo e emocionante o Movimento Poesia na Boca da Noite na calçada do casal  escritor César Bernardo e Consolação.
Estendemos o Pano da Poesia na calçada, montamos um varal com pergaminhos poéticos no muro  e declamamos desde às 17h até por volta das 20h. Quem passava parava para ouvir ou ler poesia e saía de lá encantado com tanta beleza.
Uma pequena feira de livros foi montada e vários exemplares de autores amapaenses foram vendidos por preços populares, houve também troca de livros entre poetas.
De Minas Gerais, o poeta Jaime Tijolin veio mais uma vez participar do Boca da Noite.
E todo mundo declamou, contou histórias, Zaide Soledade falou da sua infância em meio a poesia no Pará, Munhoz declamou Drummond e Cecília Meireles, Raule Assunção recitou, tocou violão e cantou.
As crianças, como sempre, encantaram com seus belos poemas.

Um brinde à poesia

 

  • Professor Antônio Munhoz…grande mestre. Saudades de minha terra. César Bernardo parabéns pelo evento. Alcinéa muita saúde…é fundamental para conquistarmos a harmonia e a riqueza da alma e incentivarmos movimentos lindos como esse. Abraços a todos.

  • Queremos, Consola, meus filhos, minhas netas e eu agradecer,penhoradamente, a generosidade de todos e tantos que fazem o projeto Poesia na Boca da Noite pelas honrosas e inesquecíveis horas que nos permtiram passar juntos aqui em casa ontem. Ratifico o brinde que fizemos à poesia,à fraternidade,ao bem querer que voces trouxeram a mim quando mais frágil me achei em toda a minha vida. Vou esperá-los, todos, para o churrasco que combinamos fazer juntos aui em casa no dia 12 de janeiro. Outra vez será ma honra recebê-los. Obrigado mais uma vez a todos voces, um beijo para a Andreza (já li o livrinho dela e o fiz no ar durante o meu programa de radio hoje)., um abraço para o casal Tijolin, que estão levando meus livros para a biblioteca de Betim. Feliz Natal a todos. Estejamos juntos em 2013.

    • César, não canso de repetir que o Boca da Noite ontem foi maravilhoso e emocionante. Você é mil!
      Transmita nossos agradecimentos a Consola, seus filhos e netos pelo imenso carinho com que nos recebem. O churrasco do dia 12 está agendado e estaremos todos aí, inclusive festejando o aniversário do Movimento.
      Nós te amamos, viu?
      Beijos

    • Oi César! Tivemos uma tarde tão gostosa e agradável em sua casa. Você e sua família são pessoas maravilhosas. Fico muito feliz em saber que você está bem, obrigada pelo carinho e até a próxima. Beijos

  • Alcinéa, amigos do Boca da Noite, muito obrigado do fundo do meu coração pela presença de vocês no lançamento do meu livro. Fiquei muito emocionado, pois sabia que vcs viriam. Guardarei essa lembrança com muito carinho do tamanho da poesia que nós produzimos aqui no Amapá!! Bjs e abraços!

    • Jamais deixaríamos de ir ao lançamento de seu livro de belos poemas que iluminam nossa alma e abrem sorrisos no nosso olhar. Ainda levei a máquina para fotografar, mas a bateria caiu. Peço que me mandes algumas fotos pois quero postar aqui no blog.
      Ah, e nós é que agradecemos por você existir, apoiar intensamente a literatura amapaense e nos brindar com mais um livro.

    • Foi uma noite emocionante, Paulo. Você tava com medo que não aparecesse ninguém e olha só quanta gente ama você! Você merece todo o carinho e que venham ainda muitos outros livros. É verdade, nós agradecemos por você existir. Obrigada, meu querido amigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *