Randolfe e Sinduscon apresentam Casa Macapá a vereadores

O programa habitacional Casa Macapá foi apresentado aos vereadores na manhã desta segunda-feira (14) pelo senador Randolfe Rodrigues (REDE), sua equipe técnica e representantes do Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon).

A reunião ocorreu na Câmara Municipal de Macapá e além do senador participaram do encontro Glauco Cei, presidente do Sinduscon, Silvino Dal Bó, diretor da entidade, o presidente da Câmara, vereador Marcelo Dias, e os vereadores Luany Favacho, Adriana Ramos, Alexandre Azevedo, Caetano Bentes, Gian do Nae, Edinoelson Careca, Cláudio e João Mendonça.

O Casa Macapá consistirá no financiamento do valor de entrada para a construção de aproximadamente 400 unidades habitacionais na capital.

O programa conta com R$ 10 milhões em emenda parlamentar do senador Randolfe Rodrigues (R$ 5 milhões) e do deputado federal Acácio Favacho (R$ 5 milhões) e deverá atender famílias com renda de até R$ 4 mil.

Segundo Randolfe, o recurso deverá aquecer a construção civil na prática com cerca de R$ 100 milhões. A previsão, de acordo com o parlamentar, é que ainda em 2022 comece a entrega dos imóveis.

“Além de moradia a quem precisa, vamos gerar empregos e ajudar na recuperação da indústria da construção civil, setor econômico duramente atingido com a crise da Covid-19”, destacou o senador.

Na CMM, a vereadora Luany Favacho trabalha como relatora do projeto de lei do Casa Macapá. A previsão é que na próxima quarta-feira (16) seja emitido o parecer da parlamentar para que, posteriormente, a matéria seja votada pelos vereadores.

Texto: Júlio Miragaia
Foto: Lee Amil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.