Senadores, deputados e governador definem pauta de prioridades para o Amapá

Definir as obras e projetos prioritários para o Amapá. Esta foi a proposta do encontro do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (Democratas-AP), com o governador do estado, Waldez Góes (PDT-AP), deputados federais e senadores da bancada. A reunião ocorreu no Senado Federal. A ideia é priorizar recursos para grandes obras como, por exemplo, hospitais e rodovias.

“Nós precisamos priorizar as obras estruturantes do governo do estado. Da mesma forma, temos que ouvir os municípios para enumerar as prioridades e adequar os programas com as pautas da bancada, juntamente com a do governo estadual, federal e municipal. Assim a gente consegue reduzir etapas vai dar uma resposta mais rápida para a sociedade”, defendeu Davi.

Além de Davi Alcolumbre, participaram do encontro os senadores Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e Lucas Barreto (PDS-AP), além dos deputados Acácio Favacho (Pros-AP), Aline Gurgel (PRB-AP), Camilo Capiberibe (PSB-AP), Luiz Carlos (PSDB-AP), Leda Sadala (Avante-AP) e Marcivânia Flexa (PC do B-AP).

 Na reunião, os participantes discutiram ainda outros pontos da chamada “Carta do Amapá”. O documento aponta 16 compromissos dos parlamentares.

  Confira as 16 metas da ‘Carta Brasília para o Desenvolvimento  do  Amapá’

 1 – Pavimentação da BR-156 (Trechos Norte e Sul).

 2 – Conclusão das obras e aquisição de equipamentos para o Hospital Universitário.

 3 – Conclusão da Via Norte Sul.

 4 – Elaboração dos estudos e projetos para a pavimentação da BR-210 (Perimetral Norte) no trecho entre os municípios de Porto Grande e Serra do Navio.

 5 – Garantir a transposição para os quadros da União a todos os servidores contemplados pelas Emendas Constitucionais 79 e 98.

 6 – Aprovação das normas de aperfeiçoamento da Zona Franca Verde de Macapá e Santana (origem da matéria-prima, restrição a minérios e cosméticos), bem como promover a atração de investidores para aproveitamento dos benefícios fiscais

 7 – Construção do Centro de Convenções.

 8 – Construção do Terminal Hidroviário de Santana.

 9 – Modernização e ampliação das instalações do Porto de Santana.

 10 – Construção do novo Hospital de Emergências, que poderá ser de competência federal, estadual ou municipal.

 11 – Apoiar a infraestrutura dos municípios, notadamente no saneamento básico e urbanização.

 12 – Avançar na consolidação dos acordos transfronteiriços entre Brasil e França.

 13 – Apoio à ampliação e estruturação dos campos do Ifap no Amapá.

 14 – Apoiar a expansão e modernização das escolas estaduais, municipais e Universidade do Estado do Amapá (Ueap), especialmente para a construção do novo Campus, bem como a Unifap.

 15 – Conclusão da ponte sobre o rio Jari.

 16 – Reforçar o Programa Minha Casa Minha Vida para novas habitações no Estado do Amapá.

(Texto e foto: Ascom/presidência do Senado)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *