Mais sobre a propina de R$ 11 milhões

A Anglo American vendeu sua participação do Sistema Amapá para a Zamin Ferrous em setembro de 2013. As negociações começaram em janeiro, mas só em setembro foram concluídas. Mas para explorar a Estrada de Ferro do Amapá, a Zamin precisava de autorização do Governo do Amapá e da Assembleia Legislativa, pois existe uma lei que determina que o repasse de concessões públicas a empresas que mudem de controle acionário tem que ser autorizado pela Assembleia e pelo Governo.
Os diretores da Zamin estiveram com o então governador Camilo Capiberibe e com os deputados estaduais pedindo apoio na regularização da concessão, pois dependiam disso para dar início ao processo da exploração do minério.
Em outubro tudo já estava resolvido. Legislativo e Executivo autorizaram.
Uma investigação da Polícia Federal e Ministério Público descobriu que na época uma empresa sediada no Rio de Janeiro transferiu cerca R$ 11 milhões para a conta de um assessor parlamentar.
Em nota distribuída hoje, a Polícia Federal informa que “no decorrer das investigações, verificou-se que a empresa estaria na realidade efetuando o pagamento de propina que seria destinada a Parlamentares da ALEAP para que fosse autorizada a transferência da concessão da Estrada de Ferro do Amapá – EFA.”

O resultado disso foi a operação “Caminhos do Ferro”, deflagrada hoje, na qual foram cumpridos 3 mandados de  prisão temporária e 8 de busca e apreensão, inclusive na casa do deputado Junior Favacho que era o presidente da Assembleia Legislativa quando esta autorizou a concessão.

  • Amigo (permita-me) Alcinéia,

    Sou jornalista aqui em Belém já há algum tempo, atualmente vinculado à editoria de esportes do jornal Diário do Pará, depois de ter passado pelas redações dos matutinos A Província do Pará (quanta saudade), O Liberal e Amazônia. Venho desenvolvendo pesquisa sobre o rádio esportivo no Norte e o do Amapá, claro, não poderia ficar de fora. Pois bem, gostaria de obter informações sobre a primeira partida que teve a cobertura do rádio local. Seria importante para meu trabalho ter os nomes do narrador e da rádio onde ele trabalhava, assim como os nomes dos times envolvidos no jogo e seu resultado.

    Desde já agradeço

    Abraços
    Nildo Lima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *