Baixa no Governo

O administrador Jean Alex Nunes acaba de deixar a equipe do governador Camilo Capiberibe (PSB), candidato à reeleição.
Há poucos minutos Jean pediu exoneração do cargo de presidente da Junta Comercial do Amapá (Jucap),  que vinha exercendo desde janeiro de 2011. Além de presidir a Jucap, ele era um dos mais fortes coordenadores de grandes eventos do governo como a Feira Agropecuária, o Carnaval, a quadra junina, entre outros.
Amigo desde os tempos de colégio de Bruno Mineiro – cuja pré-candidatura ao governo foi lançada semana passada – Jean diz que ficaria numa situação muito desconfortável tendo que fazer oposição ao amigo de longas datas, que considera quase como irmão.

  • Que fique bem claro as atitudes desses oportunistas e sirva de exemplo, inclusive para Bruno Mineiro. Barco afundando, os puxa de plantão abandonando sem nenhuma vergonha do que serão expostos.

  • Eita da trairagem, eu não gosto do governo Camilo e não voto nele de forma alguma, mas me sentir irritado de ver essa sacanagem que esse Jean Alex fez com ele. O cara tá vendo que o barco tá afundando e caiu fora.

  • Eita… Camilo “aprendendo o que é jogo político na braba” se tivesse ouvido seu pai estava navegando em aguas tranquilas rumo a reeleição. Filho que não houver conselho acaba assim!

  • Só quero ver quem será o ultimo a deixar o barco do PSB, que está afundando rapidamente. A coisa tá feia pra aquele lado.

  • Haja trairagem nas hostes 40. Bruno Mineiro bebeu e comeu na cuia dos amarelos e depois chutou o balde; PSDB comeu e bebeu no prato dos amarelos e depois chutou o pau da barraca; miliantes que comeram e beberam na cuia dos 40 agora estão direto na trairagem. Eta mentalidade de gente traidora e que cospe na cuia que comeu. kkkkkkkkkkk! PASMEM!!

    • É isso aí Tita. E atrás do “em nome de uma suposta amizade” pode se esconder interesses que no fundo desejam melhores vantagens individuais a custa do Estado. INOCENTES!!!!!!

      • Sem duplo sentido pois estou pasma de ver como as pessoas só pensam no seu pirão. Amapá, será que gostas de gente que trabalha para teu bem e de teu povo? Tem gente que já desistiu de esperar por isso e está tirando a sua isca da boca dos piranhas (entenda-se por piranhas, os oportunistas). O Senador não quer mesmo largar o pirão, hem! Que Deus nos alivie desse fardo.

    • Em se tratando de politica,não existe “amizades” e sim “interesses”,fato.È bom.pq só assim se conhece quem é quem,ou melhor,pensam que conhece.É sempre assim,cada um defendendo o seu “pirão”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *