Bala Rocha deixa o PDT

O deputado federal Bala Rocha diz “beijinho beijinho tchau tchau, PDT” e assume a presidência do Partido da Solidariedade no Amapá.
Ele foi convidado pelo deputado federal Paulinho da Força, idealizador do novo partido, aprovado ontem, 25, pelo Tribunal Superior Eleitoral.
Bala disse que  está priorizando a admissão de políticos dispostos a concorrem aos cargos de deputados estaduais e federais e que a tendência é lançar   “chapa pura” para a Assembleia Legislativa. Quanto às eleições majoritárias, ele ressaltou que  só vai tratar do assunto em 2014.

Sobre o PDT, onde esteve por 20 anos, e foi eleito deputado estadual, senador e deputado federal, ele disse:  “Minha saída não reflete qualquer ruptura a nível nacional e estadual com o PDT, no qual tive 20 anos de agradável convivência”.

  • Só burro que ficar no mesmo palanque de Waldez, Gilvan, Marília e Roberto Góes, já existem pesquisas do próprio PDT que eles estão na pior para 2014, por isso o desespero dos programas de rádio e das emissoras dos Borges, ta na cara isso.

  • Infelizmente nossa democracia está sendo distorcida, não existe mais ideologia partidária, isso é muito triste.

  • Toda separação é consequência de brigas e mais brigas. Creio que foi isso que aconteceu com o dep. Bala. Ficou sozinho no partido de Leonel Brizola então como diz no Bope: “pedi pra sair”.
    Boa sorte deputado e espero que seus cabos eleitorais não fiquem muito tempo desempregados.

  • ALgo de estranho acontece numa Unidade de Contratos e Convenios de uma autarquia que lidar com terras no Amapa. Cuidado menino olha que um dia o TCE te pegar.

      • Hélio, ainda é pouca a mudança, mas o TCE efetivou a posse do Procurador de Contas concursado, e todas estas intervenções que acompanhamos nos últimos meses é fruto da ação deste cidadão.

  • A grande negociata do Brasil é a política rasteira e cretina, que só atende aos interesses de pequenos grupos e famílias: quando não têm o que fazer, eles criam novos partidos ou mudam-se dos seus!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *