Cláudia Capiberibe assume a SIMS

A primeira-dama Cláudia Camargo Capiberibe será empossada amanhã no cargo de secretária de Estado da Inclusão e Mobilização Social.
Esta é a segunda vez que uma primeira-dama assume a SIMS. A primeira foi Marília Góes, no chamado governo da harmonia de Waldez Góes.
Dos quatro governadores eleitos no Amapá, apenas Anníbal Barcellos não nomeou a esposa para ocupar cargo na administração.
O senador João Alberto Capiberibe quando governou o Amapá nomeou a mulher Janete Capiberibe para o cargo de Secretária da Indústria e Comércio e – verdade seja dita – Janete deu conta do recado muito bem.

  • NÃO É NEPOTISMO. É UM CARGO POLÍTICO E PORTANTO LEGAL. QUALQUER DÚVIDA ACESSE A SUMUKA DO STF.

  • isso não tem nada de novo, práticas muito antiquadas, só mudam os nomes, lembram da L.B. A? E o slogan do governo fica como? Acho que voltamos aos velhos tempos isso sim.

  • Todos sabemos que a SIMS rende muitos votos, ou será que foi do nada que Marília Goes foi eleita deputada estadual? Estamos em 2013 e todos sabemos o que acontecerá em 2014.

  • Essa SIMS(Secretaria de Inclusão e Mobilização Social) sempre foi um trampolim para galgar cargos de madato eletivo. Quem vai para aquela Secretaria usa e abusa do poder das bolsas, programas sociais e outras áreas ligadas às populações mais carentes e desprotegidas social e economicamente. Marilia Góes se elegeu deputada estadual envolta numa série de ilícitos eleitorias no comando da SIMS. É Claro que nossa 1ª dama é candidata a deputada estadual em 2014. Quero apenas alertar aos órgaõs eleitorais, de fiscalização e controle que comecem, desde já, a monitorar as ações de governo para coibir ou desestimular uso indevido da máquina pública, seja para candidato A, seja para candidato B. Os tempos mudaram é não podemos mais admitir que o certame eleitoral penda para quemm, apenas,está no poder, causando desequlíbrio no pleito

  • Se ela vai assumir e fizer um bom trabalho dou a maior força até porque a primeira dama e uma pessoa de uma sensibilidade ha tudo que acontece no estado principamente com a população mais carente do estado. E boa sorte a primeira dama.

  • No meu entendimento, todo cargo nesse nível, é político. Porém o nomeado (a) ,deve cercar-se de excelentes técnicos para cumprir com eficácia, missão institucional do órgão.

  • Essa é uma prática que o Serviço Social titula como o “Primeiro Daminismo”, que inclusive é praxe no Brasil, matendo tradção desde a década de 30. Muitos Profissionais do Serviço Social, travam uma luta ferrenha lutam contra essa prática por entender que muitas vezes valoriza-se o Ser em detrimento do saber. Nada pessoal, mas, eu como Assistente Social, penso que que essa tradição histórica precisa ser rompida, vez que o Primeiro Damismo imputa o processo de profissionalização do setor e cultiva o familismo”.
    Abs. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *