Combate à crise – Governo do Amapá extingue secretarias

Visando o equilíbrio das contas públicas e uma economia de R$ 4 milhões, estão extintas, a partir de hoje, as secretarias de Governo (Segov) e de Relações Institucionais (Serin), Agência de Pesca do Amapá (Pescap), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amapá (Fapeap), Fundação Serra do Navio (FSN) e Centro de Apoio e Coordenação (CACS), vinculado às secretarias extraordinárias.A economia com a extinção das secretarias está dentro da redução de gastos de R$ 152 milhões anual, previsto com o pacote de ajustes.

As atividades-fim da Segov e Serin passarão a ser geridas pelo Gabinete Civil do Setentrião. Algumas ações da Secretaria de Governo também serão assumidas pela Controladoria Geral do Estado (CGE) e Secretaria de Estado de Planejamento (Seplan).

A eliminação das duas secretarias acarretará em corte de 67 cargos, gerando uma economia anual de R$ 1,9 milhão.

Com a extinção da Pescap, a extensão técnica e apoio ao setor pesqueiro do Amapá será realizado pelo Instituto de Desenvolvimento Rural do Amapá (Rurap), aonde as coordenadorias de apoio e desenvolvimento do segmento serão agregadas.

O cargo de diretor-presidente da Agência de Pesca, assim como outras 32 funções serão eliminadas, diminuindo um gasto de R$ 695 mil por ano na folha de pagamento.

A Fapeap passará a compor os núcleos da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Setec). Com isso, haverá corte de 13 cargos da extinta Fundação e economia de R$ 1 milhão.

Outros 13 cargos da FSN, criada e vinculada à Segov dois anos atrás, deixarão de existir, gerando uma redução de R$ 583 mil por ano.
Com o fim do CACS, que era vinculado às secretarias extraordinárias (Afrodescendentes, Juventude, Política para as Mulheres, e Povos Indígenas), a economia prevista é de R$ 214 mil ao ano.

(Secom/GEA)

  • Do blog:Visando o equilíbrio das contas públicas e uma economia de R$ 4 milhões, estão extintas, a partir de hoje, as secretarias de Governo (Segov) e de Relações Institucionais (Serin), Agência de Pesca do Amapá (Pescap), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amapá (Fapeap), Fundação Serra do Navio (FSN) e Centro de Apoio e Coordenação (CACS)…

    Tirando as ações de venda de peixe na semana Santa da Pescap, alguém sabe dizer para que serviam essas secretarias além de serem um gigantesco cabide de emprego??

    Outra coisa, vão economizar R$ 4 milhões, porém só na exporfeira vão queimar mais de R$ 5 milhões, êta economia hein?!

Deixe uma resposta para ronaldap Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *