De olho na urna Waldez Góes mantem conversa com vários partidos

Em entrevista ao jornalista Luiz Melo, no programa Viva o Rádio (Diário FM), o governador Waldez Góes (PDT) reafirmou que é candidato à reeleição. Nada de disputar o Senado. Mas não disse quem apoiará para o Senado nem que será seu vice.
Com o senador Capiberibe tem conversado, mas, segundo ele, só sobre emendas parlamentares.
Leia os principais trechos da entrevista:

LUIZ MELO – O senhor já está trabalhando para as eleições de outubro?
WALDEZ GÓES – Nós temos tido muitas conversas, estamos dialogando muito com vários partidos, com muitos pré-candidatos a deputados estaduais, deputados federais e senadores e vamos continuar dialogando para afunilarmos.

LUIZ MELO – O vice continua sendo o Papaléo Paes?
WALDEZ GÓES – Eu tenho experiência em processos políticos, e primeiro temos que definir, pela ordem, os candidatos a deputado estadual, federal, ficando a chapas majoritárias, de governador e vice e de senador para o segundo momento.

LUIZ MELO – O senhor já conversou com o senador João Capiberibe sobre a possibilidade de composição com o PSB?
WALDEZ GÓES – Não, não conversamos nesse sentido. Nós temos conversado muito sobre projetos de emendas do senador que estamos executando.

LUIZ MELO – E com Adiomar Veronese e Jaime Nunes, também tidos como pretensos candidato nas eleições de outubro, mas ainda ‘apalavrados’ com Davi (DEM)?
WALDEZ GÓES – Nós iniciamos conversas com o Jaime sim, porque muitas questões como Refis, políticas públicas voltadas para economia do estado tem sempre a participação dele. E também discutindo política, analisando o quadro, mas sem ainda definir nada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *