Ele jura que não vai

Governador Waldez Góes, ex-vereador Washigton e deputada Luciana

O advogado e ex-vereador Washigton Picanço (PSB) jura (e não é pela fé na mucura) que não deixará o PSB – onde está desde 2006 – e nem assumirá cargo no governo Waldez Góes (PDT).
O juramento ou desabafo  foi feito hoje em sua página no Facebook depois que alguns órgãos de imprensa publicaram que ele assumiria  o cargo de Defensor Público a convite do governador.
“Isso é uma inverdade, pois sou profissional liberal no exercício da advocacia, o que me garante autonomia e independência para opinar, criticar e propor”, postou. E mais: “Não há razão de minha eventual desfiliação do PSB, pois o mesmo cada vez mais coerente em sua linha política está forte e mais preparado para ser reconduzido pelo povo para tirar o Amapá da crise e do atraso.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *