Ex-governador Gilton Garcia continua na UTI do hospital Sírio Libanês

Diógenes Brayner
Especial para o blog

O hospital Sírio Libanês emitiu ontem um boletim médico sobre o estado clínico do ex-deputado federal e ex-governador do Amapá Gilton Garcia. Diz que durante a “investigação diagnóstica” foi identificada uma meningoencefalite bacteriana, acrescentando que “o paciente segue internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e está recebendo tratamento com antibióticos”.

Segundo relata o boletim, “Gilton Garcia foi prontamente atendido no dia 14/07, em Aracaju (SE), onde apresentou uma diminuição do nível de consciência. Deu entrada no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, no dia 16/07, com hipótese diagnóstica inicial de acidente vascular cerebral.

As equipes médicas que o assistem são coordenadas pelos professores doutores Roberto Kalil Filho, Milberto Scaff e David Uip.

Gilton Garcia continua em coma induzido, mas já iniciou a redução dos médicos para acordá-lo. Ele tem apresentado uma evolução e está respondendo ao tratamento, a base de antibióticos potentes. A meningoecefalite lhe provocou uma inflação do cérebro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *