Ficha limpa: Capiberibe sendo julgado

O Tribunal Regional Eleitoral está julgando neste momento a contestação do registro de candidatura ao Senado de João Alberto Capiberibe (PSB). A ação de impugnação é do Ministério Público Eleitoral com base na Lei Ficha Limpa.

Ex-prefeito  e ex-governador, João Alberto Capiberibe foi eleito senador em 2002, depois de dois mandatos de governador. Junto com sua mulher, a deputada federal Janete Capiberibe, Capi foi acusado de comprar dois votos por 26 reais e teve o mandato cassado em abril de 2004. Por força de liminar se manteve no cargo até setembro de 2005. Em  seu lugar assumiu Gilvam Borges, do PMDB.
Capiberibe sempre atribuiu a cassação de seu mandato a uma manobra do senador José Sarney (PMDB).

  • tenho certeza q essas informações estão distorcida,quando ex-governador joão alberto capiberibe foi pego em 2002 pela policia federal juntamente com a justiça eleitoral que encontrarão dinheiro da boca de urna dentro da casinha do cachorro e restante foi queimado pra esconder provas,então não foi só os dois votos por 26reais e nem o senador josé sarney,foi o proprio capiberibe quem acabou com seu proprio mandato de senador com compras de voto então unico culpado disso se chama joão alberto capiberibe quem compra voto é ficha suja só ta colhendo o que ele mesmo plantou.DIGA NÃO A POLITICO FICHA SUJA….

Deixe uma resposta para Adailde lima Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *