Justiça suspende eleição para a presidência da Câmara de Vereadores de Macapá

Está suspensa a eleição para a presidência da Câmara de Vereadores de Macapá, que seria realizada na tarde de hoje.
O desembargador Manoel Brito concedeu liminar ao mandado de segurança proposto pelo vereador Rinaldo Martins (PSOL) que alegou violação ao regimento interno, prazo exíguo para inscrição de chapas, ausência de comissão eleitoral, entre outras ilegalidades.
O edital de convocação da eleição foi expedido ontem  abrindo inscrições de chapas no horário das 14h às 18h de ontem e das 8h às 12h de hoje. O desembargador Manoel Brito considerou que não houve obediência ao princípio de publicidade e concedeu a liminar suspendendo a eleição até que sejam cumpridas todas as exigências impostas pelo regimento interno da Câmara.
Duas chapas estavam inscritas: uma encabeçada por Marcelo Dias e a outra pro Ruzivam Pontes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *