O dinheiro do lixo sumiu

O Tribunal de Contas da União (TCU) condenou o ex-prefeito de Amapá (AP) Rildo Alaor Teixeira da Silva a devolver R$ 335.997,87, valor atualizado, por não prestar contas de recursos federais repassados ao município pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa).

Os valores eram destinados à implantação de sistema de coleta de resíduos sólidos no município. Segundo auditoria do TCU, somente 74% do projeto foi executado. Citado pelo Tribunal, o ex-prefeito não apresentou defesa. Ele também foi multado em R$ 10 mil. A cobrança judicial das dívidas já foi autorizada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *