Os governadores do Amapá

Criado em 1943 como Território Federal, o Amapá foi elevado à categoria de Estado em outubro de 1988 com a promulgação da chamada “Constituição Coragem” e a partir de 1990 passou a eleger governador.
O primeiro governador eleito foi Anníbal Barcellos (que já havia sido governador nomeado e deputado federal).
Em 1994 (ainda não havia reeleição), João Capiberibe, do PSB, que já tinha sido secretário da Agricultura e prefeito de Macapá foi eleito governador e em  1998  reelegeu-se.
Em 2002, o ex-deputado estadual Waldez Góes (PDT) – que já havia perdido duas eleições: uma para o governo e outra para prefeito de Macapá – elegeu-se governador e foi reeleito em 2006.
Em 2010, a família Capiberibe volta a governar o estado através de Camilo, filho de João e Janete Capiberibe. Ele tentou a reeleição em 2014, mas acabou perdendo.
E Waldez Góes foi eleito mais uma vez e reeleito em 2018.

De 1943, quando foi criado, até 1990, o Amapá teve 13 governadores nomeados pela presidência da República. Foram eles:
Janary Gentil Nunes -1944/1956
Amílcar Pereira – 1956/1958
Pauxy Nunes – 1958/1961 (Hoje, 19/7/2022 completa 42 anos de sua morte)
Moura Cavalcante – 2/3/1961 a 2/9/1961 (este era conhecido como “Zé Bonitinho”)
Mário Barbosa – 2/9/1961 a 12/10/1961
Raul Monteiro Valdez – 1961/1962
Terêncio Furtado  – 1962/1964 (este adorava mandar prender jornalistas e empastelar as redações)
Luiz Mendes da Silva – 1964/1967
Ivanhoé Martins – 1967/1972
José Lisboa Freire – 1972/1974 (era um “boa praça”, gostava de dançar marabaixo e carimbó)
Arthur de Azevedo Henning – 1974/1979
Anníbal Barcellos – 1979/1985
Jorge Nova da Costa – 1985/1990
Gilton Pinto Garcia – De maio de 1990 até a posse do primeiro governador eleito

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.