Procurado pela polícia, ex-deputado se entrega no dia do aniversário da cidade

Enquanto todo mundo comemorava os 261 anos da cidade de Macapá e a imprensa cobria as festas, o ex-deputado Eider Pena se entregou à polícia ontem à tarde, por volta das 14h.
Flagrado na Operação Eclésia, Eider foi denunciado pelo Ministério Público de usar notas fiscais frias para receber da Assembleia Legislativa  algo em torno de 800 mil de reais a título de verba indenizatória. Por esse crime foi condenado a 4 anos e 6 meses de prisão em regime semi aberto.
A prisão dele foi decretada no dia 21 de janeiro. Considerado desde então foragido da Justiça, Eider aproveitou que ontem todas as atenções estavam voltadas para o aniversário da cidade e entregou-se.
Ele já está no Iapen (a penitenciária estadual do Amapá) onde também cumprem pena os ex-deputados Moisés Souza e Edinho Duarte, também acusados pelo MP e condenados por desvio de verbas da Assembleia Legislativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *